... quem ela era... quem ela foi...

Decidi fazer esta nota quando descobri que passava mais tempo a escrever sobre uma paixão perdida...
E meio que apanhei jeito em escrever sobre outras mulheres também. :)

XLIX

A Rosa e os seus Espinhos

Constelação (def.)  é conjunto de estrelas
Formado pelos espinhos do teu rosto.
Uns mais pequenos, outros mais grossos
Alguns cintilantes e extravagantes, outros envergonhados e tímidos
Uns mais próximos, outros mais afastados
Alguns agressivos e revús, outros amenos e de baixo temperamento
Cada um distinto na sua complexidade natural. Aquele que não sabe o valor deles
jamais compreenderá o valor da tua beleza, e por conseguinte o do teu amor.

- Assim disse o Beija-Flor à Flor, que chorava incessantemente ao se deparar no espelho preparando-se para colocar a maquiagem.

Como já previa o Beija-Flor, a pobrezinha teve o plano arruinado pelas lágrimas que deixaram o seu rosto numa completa lástima.
Entretanto, o Beija-Flor segurou no braço da cadeira e girou (360°) para frente do espelho. Puxou-lhe o cabelo para trás, de seguida pousou-lhe as mãos pelos ombros, inclinou-se no lado direito da pobrezinha e quando os seus olhares fixaram-se através da reflexão do espelho ele disse-lhe de forma rítmica e confiante:

"Teus olhos refletem o mar de lágrimas que em ti estão aprisionadas
à espera que se façam tempestades de choros para libertar a alma constipada
Transborda-te mulher!
Chorar não faz mal a ninguém
Não serás a primeira e tão pouco a última a sentir a lâmina desta depressão inefável
Queres falar sobre isso? Não consegues? No worries.
Serei a tua almofada companheira para enxugar as lágrimas e aliviar o luto
E se não passar agora, criamos um plano juntos para vencermos as probabilidades do futuro."

X

Oásis

Adoro quando nos encontramos ao acaso
quando sentimos a presença um e do outro na encruzilhada de olhares
e nos cumprimentamos levantando a mão fazendo um "Olá"
Perguntamos o estado um do outro com os mesmos olhares,
acenando a cabeça para as laterais
dizendo "Mais ou Menos, E que não consigo ficar sem ti por perto"
[...]
E assim as nossas conversas vão fluindo...com ligeiros sorrisos
Até nos aproximarmos, e trocarmos um longo e forte abraço
Dar-te um beijo na testa e sentir cheiro dos teus cachos
Destarte, perceber que o meu mundo orbita no teu oásis.